Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Governo divulga calendário de pagamentos do PIS/Pasep 2017 e 2018


O governo federal divulgou o cronograma de pagamentos do abono salarial do PIS/Pasep de 2017 e 2018. Os recursos a começam a ser pago a partir de 27 de julho.

Cerca de R$ 16,5 bilhões serão destinados para pagamento do Abono Salarial no calendário 2017/2018. Quem nasceu entre julho e dezembro recebe o benefício neste ano 2017. Já os nascidos entre janeiro a junho, vão receber no primeiro trimestre de 2018. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 29 de junho de 2018, prazo final para o recebimento.

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 trabalhadores inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, que trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e que teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Confira abaixo o cronograma de pagamentos:

Programa de Integração Social (PIS)

Para saque nas agências da Caixa Econômica Federal:

Nascidos em julho: 27/07/2017

Nascidos em agosto: 17/08/2017

Nascidos em setembro: 14/09/2017

Nascidos em outubro: 19/10/2017

Nascidos em novembro: 17/11/2017

Nascidos em dezembro: 14/12/2017

Nascidos em janeiro e fevereiro: 18/01/2018

Nascidos em março e abril: 22/02/2018

Nascidos em maio e junho: 15/03/2018

Crédito em conta para correntistas da Caixa Econômica Federal:

Nascidos em julho: 25/07/2017

Nascidos em agosto: 15/08/2017

Nascidos em setembro: 12/09/2017

Nascidos em outubro: 17/10/2017

Nascidos em novembro: 14/11/2017

Nascidos em dezembro: 12/12/2017

Nascidos em janeiro e fevereiro: 16/01/2018

Nascidos em março e abril: 20/02/2018

Nascidos em maio e junho: 13/03/2018

Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep)

Para saque nas agências do Banco do Brasil:

Final de inscrição 0: 27/07/2017

Final de inscrição 1: 17/08/2017

Final de inscrição 2: 14/09/2017

Final de inscrição 3: 19/10/2017

Final de inscrição 4: 17/11/2017

Final de inscrição 5: 18/01/2018

Final de inscrição 6 e 7: 22/02/2018

Final de inscrição 8 e 9: 15/03/2018

Fonte: Portal Brasil, com informações do Diário Oficial da União

Governo divulga aumento de alíquota do PIS/Cofins sobre combustíveis


Com dificuldades em recuperar a arrecadação, o governo decidiu aumentar tributos para arrecadar R$ 10,4 bilhões e cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões. O Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol subirá para compensar as dificuldades fiscais, segundo nota conjunta, divulgada há pouco, dos ministérios da Fazenda e do Planejamento.

A alíquota subirá de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 para o litro da gasolina e de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 para o diesel nas refinarias. Para o litro do etanol, a alíquota passará de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor. Para o distribuidor, a alíquota, atualmente zerada, aumentará para R$ 0,1964. A medida entrará em vigor imediatamente por meio de decreto publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União.

O governo também contingenciará [bloqueará] mais R$ 5,9 bilhões de despesas não obrigatórias do Orçamento. Os novos cortes serão detalhados amanhã (21), quando o Ministério do Planejamento divulgará o Relatório Bimestral de Receitas e Despesas. Publicado a cada dois meses, o documento contém previsões sobre a economia e a programação orçamentária do ano. A nova alíquota vai impactar o preço de combustível nas refinarias, mas o eventual repasse do aumento para o consumidor vai depender de cada posto de gasolina.

Garantia da meta fiscal

Em março, o governo tinha contingenciado R$ 42,1 bilhões do Orçamento. Em maio, tinha liberado cerca de R$ 3,1 bilhões. Com a decisão de agora, o volume bloqueado aumentou para R$ 44,9 bilhões. De acordo com a nota conjunta, esse corte adicional será revertido antes do fim do ano com a entrada de recursos extraordinários previstos ao longo do segundo semestre.

Antes de embarcar para a reunião de cúpula do Mercosul, em Mendoza, na Argentina, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que a queda da arrecadação justificou o aumento de tributos.

“Isso ocorreu pela queda da arrecadação e em função da recessão e dos maus resultados, principalmente das empresas e de pessoas financeiras que refletiram nos prejuízos acumulados nos últimos dois anos que estão sendo amortizados. Existem medidas de ajuste fazendo com que o mais fundamental seja preservado: a responsabilidade fiscal, o equilíbrio fiscal”, declarou Meirelles.

Dificuldades nas receitas

No mês passado, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, tinha dito que o Orçamento poderia ser reforçado em até R$ 15 bilhões por meio de três fontes de receitas extraordinárias: a devolução ao Tesouro Nacional de precatórios (dívidas de sentenças judiciais) não sacados pelos beneficiários, a ampliação do programa de parcelamento e dívidas de contribuintes com a União e a renegociação de dívidas dos produtores rurais. No entanto, o governo tem enfrentado a frustração de receitas ao longo do ano.

Dessas medidas, apenas a regulamentação dos precatórios foi aprovada até agora. De outro lado, o governo enfrenta dificuldades com a tramitação das medidas provisórias da reoneração da folha de pagamentos, anunciadas no fim de março, e do programa especial de parcelamentos.

Outra dificuldade está no atraso no programa de concessões. Na semana passada, o Tribunal de Contas da União (TCU) emitiu um alerta para que o governo desconsidere, das estimativas de receitas para o segundo semestre, R$ 19,3 bilhões que podem não entrar no caixa do governo ainda este ano.

Fonte Agencia Brasil EBC

Prefeito em visita à unidade de saúde mista Severina Azevedo


O prefeito de Bom Jesus, Clécio Azevedo, visitou a Unidade Mista de Saúde Severina Azevedo, que passa por reformas, realizada pela secretaria de obras do município. 


A Prefeitura investe na saúde dos Bomjesusenses com a ampliação no atendimento à população, bem como qualidade tanto para funcionários da unidade, quanto para os usuários. 


Desde o início do ano, a Unidade conta com atendimentos diários de vários profissionais da saúde e mantém a farmácia abastecida. “Somamos esforços com o intuito de melhorar o atendimento e a qualidade da nossa unidade de saúde e já estamos vendo os resultados”, destacou o prefeito.

1º Arraiá da Rua de Baixo de Bom Jesus-RN


Nesta Sexta(21) tem o primeiro Arraiá da Rua de Baixo em Bom Jesus, animação com Joélika Dinniz,  Lamoniê Dantas e Dudu Almeida.

A Rua de Baixo é a Rua Pedro Belarmino por trás da Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus no Centro.

Neste Sábado(22) tem a 2ª Cavalgada e Missa do Vaqueiro de Bom Jesus-RN


Neste Sábado 22 de Julho tem a 2ª Cavalgada e Missa do Vaqueiro de Bom Jesus-RN, concentração às 12:00h. na fazenda Riacho Fundo que vai seguir em cavalgada e logo depois uma missa na gruta nossa senhora na fazenda de Bodete.

 Organização Victor Bodete e Família.

Governo do RN publica lei que reconhece vaquejada como patrimônio cultural e atividade esportiva

FOTO: Edylon dos Santos 

Foi publicada na edição desta terça-feira (18) do Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte uma lei que reconhece a vaquejada como patrimônio cultural do povo potiguar e ainda regulamenta a prática como atividade esportiva. Leia AQUI a íntegra da lei.

De acordo com a publicação, assinada pelo governador Robinson Faria, a partir de agora, “a vaquejada e seus elementos fundamentais é reconhecida como forma de expressão, modo de viver e portadora de referência à identidade e à memória histórica do povo do Estado do Rio Grande do Norte, sendo considerada como bem de natureza imaterial que integra o patrimônio cultural do Estado, devendo, por isso, ser protegida para as atuais e futuras gerações, além de constituir-se em atividade esportiva para todos os efeitos”.


Bem-estar animal


O bem-estar animal também é tratado na publicação como de responsabilidade humana. Portanto, cabe ao ser humano respeitar as necessidades físicas e naturais dos animais de modo a não infringir sofrimento desnecessário e estresse excessivo durante as atividades.

Ainda de acordo com a lei, durante os eventos deve ser garantido a todos os animais a premissa de bem-estar animal estabelecidos nesta lei e o respeito adequado a cada espécie.

Também devem ser aplicadas disposições gerais relativas à defesa sanitária animal previstas em legislação específica, incluindo atestado de vacinação e medidas para o controle de doenças e enfermidades.

Ainda fica determinado a necessidade de se garantir adequada alimentação, área de descanso confortável, além de instalações e edificações com sombreamento adequado e suficiente para os bichos.

Outra determinação da lei é proibir qualquer conduta antidesportiva ou qualquer forma de má conduta que seja caracterizada como irresponsável, ilegal, indecente, ofensiva, intimidadora, ameaçadora ou abusiva.

Por fim, a lei também estabelece normas, condutas e medidas que devem ser aplicadas durante as competições, além de também estabelecer o atendimento necessário à saúde dos animais envolvidos na vaquejada.

Polêmica

A vaquejada – na qual um boi é solto em uma pista e dois vaqueiros, montados em cavalos, tentam derrubar o animal pelo rabo – foi proibida em outubro do ano passado pelo Supremo Tribunal Federal.

Ao derrubar uma lei do Ceará com regras para a realização desse tipo de evento, o STF considerou que a vaquejada impõe sofrimento aos animais e, portanto, fere princípios constitucionais de preservação do meio ambiente e proteção da fauna.

No mês passado, porém, o Congresso Nacional promulgou uma emenda à Constituição que considera como não cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais.

A nova norma viabilizou a vaquejada, uma vez que o presidente Michel Temer sancionou uma lei que levou a prática à condição de manifestação cultural.


Fonte: G1RN

Temer decide elevar impostos sobre combustíveis para fechar conta do ano


O presidente Michel Temer decidiu aumentar impostos para fechar as contas deste ano, apesar da crise política e de sua baixa popularidade. O governo já bateu o martelo pela elevação da alíquota do PIS/Cofins que incide sobre combustíveis e não depende do aval do Congresso. A medida pode entrar em vigor imediatamente por meio de um decreto.

Nos cálculos da área técnica do governo, cada R$ 0,01 de aumento na alíquota do PIS/Cofins sobre a gasolina resulta em uma arrecadação anual de R$ 440 milhões. No caso do diesel, a receita é de R$ 530 milhões.

A decisão sobre o aumento do imposto veio no dia em que o governo identificou um buraco de aproximadamente R$ 10 bilhões para cobrir no Orçamento. A estimativa inicial era de que parte desse buraco teria que ser coberta por meio da elevação da carga tributária.

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, até quarta-feira, 19, o governo ainda trabalhava com a possibilidade de ter que aumentar outro tributo para compensar a perda de arrecadação. As alternativas seriam o aumento da alíquota de IOF sobre o câmbio ou operações de crédito e a elevação da Cide sobre combustíveis. A decisão, no entanto, ainda não havia sido tomada.

O desenho final será divulgado nesta quinta-feira, 20, junto com o relatório trimestral de avaliação de receitas e despesas do Orçamento, que mostra como o governo pretende atingir a meta de não ultrapassar o déficit de R$ 139 bilhões em 2017. O presidente Michel Temer vai se reunir com a equipe econômica para fechar os detalhes.

Embora tenha dito diversas vezes não ter intenção de elevar tributos, a avaliação no Planalto é de que, como as receitas previstas pela área econômica não se confirmaram, um aumento de R$ 0,10 no preço do litro da gasolina não teria grande impacto no bolso do consumidor e ainda ajudaria as contas públicas. O impacto dessa elevação do imposto na inflação seria amenizado porque a gasolina tem sofrido seguidas reduções de preço.

Fontes do governo reconheceram que elevar o tributo é uma medida difícil, mas pior do que ela seria não cumprir a meta.

A área técnica da Fazenda trabalhava com a possibilidade de ainda ter que fazer um novo corte de despesas do Orçamento, embora pequeno, e trabalhava para evitar esse caminho. Com o corte de R$ 39 bilhões, atualmente em vigor, ministérios e órgãos enfrentam dificuldade em manter a máquina funcionando.

Como uma elevação do PIS é imediata, e a da Cide exige 90 dias para entrar em vigor, o governo pode fazer um movimento conjugado: aumenta o PIS temporariamente até a tributação da Cide entrar em vigor – estratégia que já foi adotada antes.

O PIS/Cofins do etanol também pode ser elevado. A preocupação no governo era a de que a decisão não prejudicasse a competitividade relativa do etanol frente à gasolina. O preço do açúcar em Nova York disparou ontem e um dos motivos apontados por analistas foi a possibilidade do aumento. O setor ontem esperava uma alta de 11% no PIS da gasolina. A alíquota de R$ 0,67 iria para R$ 0,75.

Fonte: AGORA RN/ESTADÃO

Bandidos invadem agência do Banco do Nordeste em São Gonçalo e arrombam caixa eletrônico


Na madrugada desta quinta-feira 20, bandidos agiram na calada da noite e explodiram um caixa eletrônico dentro de uma agência do Banco do Nordeste na cidade de São Gonçalo do Amarante.

A agência, que está localizada perto do Nordestão do Gancho, teve sua porta de vidro de entrada estilhaçada; a quantia levada ainda não foi divulgada pela polícia, que através de agentes do Bope averiguam no local se há resquícios dos artefatos usados pelos criminosos para arrombar os caixas.

Confira imagens:



Fonte: Agora RN


Por decisão de Moro, Banco Central bloqueia mais de R$ 600 mil de Lula


O Banco Central bloqueou hoje (19) R$ 606,7 mil das contas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ordem foi expedida pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, no dia 14 de julho, mas estava sob sigilo até que o bloqueio fosse realizado.

A decisão foi tomada para fins de reparação de danos à Petrobras no processo em que o petista foi condenado a 9 anos e meio em primeira instância, no âmbito da Operação Lava Jato. O juiz também determinou o confisco de imóveis e veículos do ex-presidente.

"Em síntese, reconhecido que contrato celebrado entre o Consórcio Conest/Rnest gerou cerca de R$ 16 milhões em vantagem indevida a agentes do Partido dos Trabalhadores (PT), deles sendo destinados especificamente cerca de R$ 2.252.472,00 ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na forma da atribuição a ele de apartamento no Guarujá, sem o pagamento do preço correspondente, e da realização de reformas no apartamento às expensas da OAS", escreveu Moro na decisão.

Com o sequestro do tríplex no Guarujá tendo sido decretado já na sentença publicada na semana passada, Moro decidiu que as contas e bens de Lula devem ser confiscados até que se atinja o valor de R$ 16 milhões que, segundo a denúncia, foram depositados na forma de propina na conta-corrente compartilhada entre o PT e a OAS Empreendimentos.

"Afinal, não foi possível rastrear o restante da propina paga em decorrência do acerto de corrupção na Petrobras, sendo possível que tenha sido utilizada para financiar ilicitamente campanhas eleitorais e em decorrência sido consumida", justificou o juiz.

Dentre os bens que tiveram sequestro decretado estão 50% da posse sobre três apartamentos em São Bernardo do Campo e 35,92% de um quarto apartamento na mesma cidade, referentes às partes sobre a qual Lula tem posse. Além dos imóveis, Moro determinou o confisco de dois veículos: um GM Omega CD ano 2010 e um Ford Ranger LTD ano 2012/2013.

Sérgio Moro decretou que o Banco Central bloqueasse as contas e ativos de Lula até o limite de R$ 10 milhões. Segundo ele, a medida se faz necessária porque apenas o sequestro de bens não cobre o valor dos danos causados pela atividade criminosa.

"No mesmo ofício ao Banco Central deverá constar ainda que as instituições financeiras deverão apenas efetuar o bloqueio, sem a transferência do valor para a conta judicial até ulterior determinação do juízo, a fim de se evitar eventuais perdas em razão do resgate antecipado", diz o despacho.

O juiz também determinou que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fosse oficiada para tornar indisponíveis quaisquer ações e bens titularizados pelo ex-presidente.

Fonte: Agencia Brasil EBC

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Município de Bom Jesus realiza a VIII Conferência Municipal de Assistência Social


A Prefeitura Municipal de Bom Jesus junto com o Conselho Municipal de Assistência Social - CMAS, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência promovem na sexta-feira (21), a VIII Conferência Municipal de Assistência Social. 

O evento será realizado no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo, antigo PETI, às 8h e irá apresentar as ações realizadas nos seis primeiros meses.

Unidade mista Severina Azevedo passa por melhorias


A Prefeitura Municipal de Bom Jesus, através do prefeito Clécio Azevedo e a Secretaria de Saúde, que tem o secretário Felipe Figueiredo à frente, estão dando continuidade ao processo de reforma da Unidade Mista de Saúde Severina Azevedo.


A unidade vai passar por diversas melhorias, tanto com relação à instalação elétrica, quanto no que diz respeito manutenção de todos os setores. De acordo com o secretario de Obras, Janilton Rodrigues, a obra está em ritmo acelerado e a previsão de entrega é ainda este mês.

Vale lembrar que, desde o início do ano, a unidade conta com atendimentos de todos os profissionais diariamente e farmácia abastecida. "Durante essa semana de reforma a unidade vai funcionar com atendimento diferenciado, mas com toda equipe trabalhando normalmente", explica a diretora da unidade, Daniela Ribeiro.

Governo do Rio Grande do Norte paga 80% da folha nesta quarta-feira


O Governo do Rio Grande do Norte irá depositar nesta quarta-feira, 19 de julho, o salário dos 14.604 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem entre R$ 3.001 e R$ 4 mil, uma soma equivalente a R$ 50,4 milhões.

Com o pagamento desta faixa salarial, mais de 80% do funcionalismo já terá recebido os vencimentos. A folha foi iniciada em 29 de junho e chega a 88.731 servidores, montante correspondente a R$ 184,4 milhões.

O governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos.

Fonte: Assecom RN

Prefeitura lança plataforma on line para alavancar comércio de Bom Jesus


A Prefeitura Municipal de Bom Jesus, que tem a frente o prefeito Clécio Azevedo, junto com a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio e a Sala do Empreendedor ativaram uma plataforma online de divulgação de comércio e serviços do município. 

A nova ferramente funciona da seguinte forma: o usuário envia informações sobre sua empresa pelo whatsapp: (84) 98850-3796, os colaboradores da página Sala do Empreendedor Online recebe, analisa e atualiza na rede.

Através desta plataforma, é possível divulgar de forma rápida e gratuita os produtos e serviços realizados pelos empresários de Bom Jesus.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Emissão de identidade tem horário ampliado nas Centrais do Cidadão de Natal


A partir desta quarta-feira, 19, o atendimento para emissão de carteira de identidade na Central do Cidadão do Via Direta terá horário ampliado, passando a funcionar das 9:00h até as 19:00h. Esse serviço era oferecido até as 14h30.

Na Central do Cidadão do Alecrim, o horário também será ampliado: para primeira via, o atendimento será das 7:00h às 17:00h e para segunda e terceira vias, das 7:00h às 14:00h.

Segundo o coordenador das Centrais, Clênio Maciel, essa ampliação no horário de atendimento faz parte de uma série de mudanças realizadas pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) para melhorar o atendimento aos usuários.

Fonte: Agora RN

Festa do Sabugo de Bom Jesus-RN


PARTICIPE DE NOSSA PROMOÇÃO NO FACEBOOK

CONCORRA A 20 SENHAS(CORTESIA)

PARA CONCORRER: PERFIL EDYLON DOS SANTOS, PROCURAR UMA DAS DUAS IMAGENS PROMOCIONAIS, CURTIR, MARCAR 03 AMIGOS E COMPARTILHAR.

RESULTADO NA QUINTA 27 DE JULHO.

Frio deve ficar mais intenso e avançar pelo país nesta semana, diz Inmet


O frio que chegou ao Sul do país ainda não atingiu o auge e deverá provocar temperaturas negativas, segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A temperatura mais baixa registrada na última madrugada foi 0,8 ºC em São José dos Ausentes, no nordeste do Rio Grande do Sul. Entre a tarde e a noite de hoje, o órgão prevê temperaturas negativas nos três estados sulinos, com possibilidade de até -5 ºC em algumas cidades serranas.

O meteorologista Rogério Rezende, do 8º Distrito de Meteorologia do Inmet, explicou que a onda de frio é resultado de uma massa de ar com características polares que veio do Sul da Argentina.

“Tivemos grandes nevascas ontem em regiões próximas dos Andes, em Santiago do Chile, em Bariloche. Foi registrada a menor temperatura das últimas décadas, que chegou a -25 ºC. São localidades que normalmente são frias, onde há nevascas com frequência. Mas essa onda foi tão intensa que chegou ao ponto de causar transtornos nessas regiões”, disse Rezende.

Desde que ingressou na Região Sul do país, a frente fria ainda não provocou a queda de neve. No entanto, o Inmet não descarta que o fenômeno seja registrado no fim do dia e durante a noite de hoje nos municípios de maior altitude.

A frente fria deve agir até quarta-feira (19), segundo o instituto, quando a temperatura deve voltar a subir. Rezende afirmou que a variação térmica é uma característica normal do inverno na região.

“A gente saiu de 30 ºC, praticamente, para quase 0 ºC, de sábado para domingo. A tendência, agora, é voltarmos a um patamar normal, com a mínima entre 4 e 5 ºC, o que é bem mais elevado do que a gente está esperando para amanhã, por exemplo, que é -4 e -5 ºC”, explicou o meteorologista.

Frio avança pelo país

Para o Inmet, a força demonstrada pela frente fria nos países vizinhos é uma mostra de que ela deverá avançar pelo Brasil e provocar queda de temperatura em várias regiões.

“Se confirmar a intensidade dessa massa, ela pode chegar até o sul do Acre. Ela vai atingir o Sudeste e o Centro-Oeste do país com certeza, com boa possibilidade de chegar até o Norte”, avaliou Rogério Rezende.

O meteorologista ressaltou, no entanto, que a intensidade do frio será menor na medida em que a frente avançar em direção ao norte. “Toda massa de ar vai adquirindo as características das regiões por onde ela vai passando. Ela já está subindo, passando por regiões mais quentes, e vai arrefecer aos poucos”, explicou.

Fonte: Agencia Brasil EBC

Telefonia fixa perde mais de 75 mil linhas em maio


Em maio, a telefonia fixa registrou uma redução de 75.357 mil linhas em operação em todo o país. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as empresas autorizadas perderam 2.277 linhas (queda de 0,01%) linhas e as concessionárias, 73 mil (menos 0,3%) de abril para maio deste ano.

Nos últimos 12 meses, de acordo com Anatel, houve redução de 1,5 milhão de linhas de telefonia fixa: pouco mais de 479 mil das empresas autorizadas (queda de 2,75%) e 1,07 milhão das empresas que têm concessão pública dos serviços (redução de 4,2%).

Em maio, o Distrito Federal liderou o ranking de redução de linhas de telefone fixo de empresas autorizadas, com menos 308,2 mil linhas (queda de 50,2%), seguido de Minas Gerais com menos 257,7 mil (redução de 18,93%). Já em relação às linhas de concessionárias, os estados que registraram as maiores quedas foram São Paulo, com menos 376,41 mil (queda de 3,72% em relação a abril), e o Rio de Janeiro, com menos 185,69 mil linhas (redução de 6,06%).

Apesar da redução no total de linhas fixas, houve, nos últimos 12 meses, aumento no número de linhas oferecidos pelas concessionárias em alguns estados: Goiás, com 5,78 mil novas linhas (0,76%), seguido do Piauí, com 455 linhas (0,3 %). Já Mato Grosso, com 360,72 mil linhas fixas (234,21%), e Santa Catarina, que teve acréscimo de 128,03 mil linhas (19,13%), aparecem na frente no grupo das autorizadas.

Entre as prestadoras, em todo o país, a Oi apresentou a maior queda no total de linhas de telefonia fixa, com 713,27 mil a menos nos últimos 12 meses, seguida da Vivo, com menos 378,38 mil linhas.

Fonte: Agencia Brasil EBC

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Missão: Safadão na 44ª Vaquejada de Currais Novos-RN


Em primeiro lugar gostaria de agradecer ao amigo Blogueiro JEAN DE SOUZA, que nos permitiu acesso aos Bastidores da Festa deste Domingo 16 de Julho no Parque da Folia da Vaquejada de Currais Novos-RN.

Infelizmente não tivemos acesso ao Cantor Wesley Safadão, a Assessoria de Imprensa de Safadão não permitiu, muitos colegas de Blogs, Cinegrafistas, Tv a Cabo, etc... 

Eu consegui ficar a menos de 1 metro dele no Backstage do Palco, mas os seguranças não permitiram a aproximação, a Imprensa foi isolada com Grades.

Encontramos no Backstage o Artista Mirim Elizaldo Alves, participante do The Voice Kids 2016, que ia  se apresentar com Giulliam Monte no palco mais não deu tempo.

O SHOW 

Quando Wesley Safadão subiu ao palco uma multidão enlouquecida gritava: "VAI SAFADÃO", e ele mostrou no Palco o motivo de ser o número 1 em Mega Shows de Forró do Brasil, tudo perfeito, o cantor muito a vontade cantou sucessos como "Laranjinha", "Meu Coração deu PT", "Solteiro de Novo", dentre outros como: "Fale aqui com minha mão" e "Jeito Safado".
Durante o show foi divulgado as atrações da volta do CARNAXELITA de 06 a 08 de Outubro: Bell Marques, Chicabana e Ricardo Chaves.




















sexta-feira, 14 de julho de 2017

Prefeito visita Obra de saneamento beneficiará comunidade de Lagoa de Mel


O prefeito de Bom Jesus, Clécio Azevedo, visitou nesta sexta (14) a obra de encanação junto com a Equipe da Secretaria de obras, ao lado do secretário de Obras Janilton Rodrigues. 


" A obra segue em ritimo acelerado, é perdido antigo da comunidade e tem uma contra partida da prefeitura, queremos sempre atender a todos da zona rural e urbana." Afirmou o prefeito. 


A conclusão da obra beneficiará em torno de 60 famílias, com água de boa qualidade que tem previsão até o fim do mês para o término.