Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 31 de março de 2017

Desemprego atinge 13,5 milhões de pessoas e tem a maior taxa desde 2012


A taxa de desocupação do país fechou o trimestre móvel de dezembro do ano passado a fevereiro deste ano em 13,2%, alta de de 1,3 ponto percentual frente ao trimestre móvel anterior. Com o resultado, a população desocupada do país chegou a 13,5 milhões de trabalhadores, um novo recorde tanto da taxa quanto da população desocupada de toda a série histórica iniciada em 2012.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua), divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação ao mesmo trimestre móvel do ano anterior, a taxa de desemprego cresceu 2,9 pontos percentuais.

Trimestre anterior

Quando comparada à taxa de desemprego do trimestre encerrado em novembro do ano passado, o contingente de desempregados cresceu 11,7%, o equivalente a mais 1,4 milhão de pessoas desocupadas, e 30,6% (mais 3,2 milhões de pessoas em busca de trabalho) em relação a igual trimestre de 2016.

Os números da Pnad indicam, ainda, que a população ocupada, de 89,3 milhões, teve recuos tanto em relação ao trimestre encerrado em novembro de 2016 (-1%), quanto em relação ao mesmo trimestre de 2016 (-2%).

Rendimento

Apesar da continuidade do crescimento da taxa de desemprego, o rendimento médio real habitual do trabalhador brasileiro neste último trimestre encerrado em fevereiro manteve-se estável em R$ 2.068. No trimestre móvel anterior, foi de R$ 2.049.

Também houve estabilidade em relação ao mesmo trimestre de 2016, quando o rendimento médio real habitual era de R$ 2.037.

Os dados da Pnad indicam, ainda, que houve crescimento do salário apenas para os empregados no setor público, com expansão de 3,2% frente ao trimestre móvel anterior. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (dezembro de 2015 a fevereiro de 2016), este crescimento chegou a 5,1%. Nas demais posições de ocupação, houve estabilidade em ambos os períodos analisados.

Segundo o IBGE, na comparação com o trimestre anterior, houve estabilidade no rendimento de todos os grupamentos de atividade, com exceção da categoria administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais, que registrou variação positiva de 3,4%.

Frente ao mesmo trimestre de 2016, somente dois grupamentos apresentaram alta no rendimento: agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (+6,9%); e administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (+3,6%). Os demais grupamentos ficaram estáveis.

Já a massa de rendimento real habitual no trimestre encerrado em fevereiro de 2017 também ficou estável nas duas comparações, em R$ 180,2 bilhões.

Nível de Ocupação

O nível da ocupação, indicador que mede o percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar, foi estimado em 53,4%, o menor nível da série histórica, com uma queda de 0,7% em relação ao trimestre móvel anterior.

Por outro lado, os dados da Pnad indicam que a força de trabalho (pessoas ocupadas e desocupadas) cresceu em 0,5% no trimestre de dezembro de 2016 a fevereiro de 2017, estimada em 102,9 milhões de pessoas.

Frente ao mesmo trimestre do ano anterior, a alta foi de 1,4% (acréscimo de 1,4 milhão de pessoas no mercado de trabalho). O IBGE ressaltou, porém, que "a força de trabalho cresceu devido ao aumento da população desocupada”, ou seja, aumentou o número de pessoas que passaram a procurar trabalho.

Carteira assinada

O número de trabalhadores do setor privado com carteira assinada continua em queda. O trimestre móvel encerrado em fevereiro fechou com 33,7 milhões de pessoas com carteira assinada no setor, um recuo de 1% em relação ao trimestre móvel anterior e de de 3,3% (1,1 milhão de pessoas) se comparado ao mesmo trimestre de 2016.

Já o número de trabalhadores no setor privado sem carteira assinada, que em fevereiro foi de 10,3 milhões, ficou estável em relação ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo trimestre do ano passado, houve um crescimento de 5,5% (ou mais 531 mil pessoas).

O número de trabalhadores por conta própria ficou estável na comparação com o trimestre anterior em 22,2 milhões de pessoas, mas recuou 4,8% (1,1 mil pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2016.

Agricultura e Construção

A pesquisa aponta ainda que os setores da agricultura e da construção fecharam fevereiro com o menor número de trabalhadores desde 2012. No caso da agricultura, havia em fevereiro 8,8 milhões de trabalhadores, e na construção, 6,9 milhões.

No sentido inverso, Alojamento e Alimentação atingiu o maior contingente de ocupados desde o início da série da pesquisa em 2012 (5 milhões de pessoas).

Na comparação com o trimestre anterior, houve quedas na administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (-4,4%,) e na indústria geral (-2%); e altas em alojamento e alimentação (+3,5%) e informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (+2,2% ou +215 mil pessoas). Os demais grupamentos se mantiveram estáveis.

Fonte: Agencia Brasil EBC

Preços de remédios podem subir até 4,76% a partir de hoje


O Diário Oficial da União publica hoje (31) resolução do Conselho de Ministros da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) autorizando os índices do reajuste anual de preços de medicamentos para 2017, que variam de 1,36% a 4,76%. O aumento começa a valer a partir desta sexta-feira.

De acordo com a resolução, o reajuste máximo permitido é o seguinte: nível 1: 4,76%; nível 2: 3,06; e nível 3: 1,36%. O Cmed é um órgão do governo integrado por representantes de vários ministérios.

O Sindicato da Indústria Farmacêutica (Sindusfarma) informou, por meio de nota, que os índices de reajuste não repõem a inflação passada, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no acumulado de 12 meses, de março de 2016 a fevereiro deste ano.

“Do ponto de vista da indústria farmacêutica, mais uma vez os índices são insuficientes para repor os custos crescentes do setor nos últimos anos”, diz a nota.

Segundo o Sindusfarma, o reajuste anual de preços fixado pelo governo poderá ser aplicado em cerca de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro.

Fonte: Agencia Brasil EBC

19º Rally RN 1500: Dupla Luiz Facco e Humberto Ribeiro será destaque entre os carros


Válido pelas 3ª e 4º etapas do Campeonato Brasileiro de Cross Country 2017 na categoria Carros, o 19º Rally RN 1500 contará, mais uma vez, com destaques da categoria. A competição, que acontecerá entre 6 e 9 de abril, com cerca de 800 km pelo Rio Grande do Norte, sendo mais de 500 km de especiais (trechos cronometrados), terá como uma das atrações a dupla formada por Luiz Facco e Humberto Ribeiro, campeões da categoria Pro Brasil e vice-no geral em 2016. Eles terão pela frente a variedade de terrenos característica da prova, considerada um das melhores do calendário nacional.

As inscrições seguem abertas e poderão ser feitas no site oficial, www.rallyrn1500.com.br, onde também se pode obter informações sobre preços promocionais. O prazo final, sem desconto, será em 4 de abril. As categorias são as seguintes: Carros T1 - Pro BR, Carros T2 - SPR, Motos, Motos 230cc, Quadriciclos, UTVs.

Facco e Ribeiro chegam para o 19º Rally RN 1500 com um novo projeto. Com carro novo e em uma nova categoria, a dupla espera já colher frutos após a estreia na etapa de Barretos (SP). "Estamos em uma nova categoria, mais competitiva, e com um carro novo e que precisa de ajustes. Fizemos isso na abertura da calendário e vamos para o RN prontos para lutar por um bom desempenho", destaca o paulista Luis Facco, no cross country deste 2000 e que coleciona títulos nas principais competições do país.

O piloto, que ainda venceu no Rio Grande do Norte em 2014, na estreia dos UTVs, destaca a importância da competição. "É uma prova completa e que coloca em teste e exige muito do equipamento, do piloto e do navegador e da equipe todos os dias. Sem falar da receptividade do povo potiguar, que é uma marca do evento. Sou o maior defensor do RN, que é uma prova em linha, e por isso complicada, perfeita para se avaliar as condições antes do Rally dos Sertões", completa.

Etapas

A programação oficial começará no dia 5, com a abertura da Secretaria de Prova e Vistorias Técnicas da CBM e CBM na Pousada Mar de Estrelas, a partir das 14h. No dia 6, No dia 6, às 8h será feito o briefing com equipes de apoio, ficando para as 9h o briefing da competição. No período das 9h às 11h acontecerão as Vistorias Técnicas. No começo da tarde, às 13h, haverá o Super Prólogo das Areias, com o primeiro momento de acelerar. Já no final do dia, às 17h, será a vez do Fórum Rally, ficando para as 20h a Premiação CBM do Brasileiro de Rally 2016, no Spaço Mix.

No dia 7 de abril será a vez da primeira etapa, de São Miguel do Gostoso até Macau, cidade que volta a integrar o roteiro do RN 1500. Será um trecho com muita areia e a expectativa é de uma grande recepção em Macau. Neste dia serão 189,69 km de percurso, com trecho especial de 147,90 km. 

A segunda etapa, no dia 8/4, será de Macau até Currais Novos, no qual serão incluídos trechos inéditos nas 18 edições do evento. A etapa será a mais longa do rali, com total de 264,14 km e Especial de 176,15 km.

Para fechar a competição, a terceira etapa será de Currais Novos a Bom Jesus, que também preparará uma grande festa para receber o rali. Serão 175,13 km no dia, com trecho cronometrado de 111,62 km, fechando a prova. A premiação e apresentação do projeto para o RN 2018 será às 18, no Restaurante Nau, em Natal.

Reta final! Veja as três finalistas do concurso Musa do Sul-Mato-Grossense


Depois de um mês de campanha e mais de 200 mil votos, o público definiu quem serão as três finalistas do concurso "Musa do Campeonato Sul-Mato-Grossense", evento inédito criado pela TV Morena em parceria com a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). A primeira fase acabou neste domingo. A primeira colocada foi a musa do Sete de Dourados, Larissa Fernandes, com Rosângela Souza, do Novo, em segundo e Kellyne Siqueira, do Águia Negra, na terceira posição. 


Ao todo, 12 candidatas participaram da primeira fase, cada uma representando uma equipe do Estadual. Agora, o torcedor vai escolher entre as três para que o Campeonato Sul-Mato-Grossense conheça sua musa. Assim como na primeira fase, os torcedores podem votar quantas vezes quiserem. Basta acessar o site GloboEsporte.com/tvmorena, clicar no atalho e escolher sua preferida.

A musa do Sete de Dourados, Larissa Fernandes

 Rosângela Souza, do Novo, 

 Kellyne Siqueira, do Águia Negra.

Musa do Campeonato Potiguar 2017

Elas entraram em campo! 

A votação para eleger a Musa do Campeonato Potiguar 2017 começou. O concurso promovido pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) está na sua quinta edição. 

Este ano o concurso terá oito musas representantes dos clubes participantes da primeira divisão do Campeonato Potiguar. As candidatas poderão ser votadas pelo público através do site oficial da FNF e a mais votada terá vaga direta na final do concurso.

O nome da finalista por votação popular será divulgada na festa do Prêmio Craque Potiguar, após a final do Campeonato Potiguar 2017. Ela irá se juntar as outras duas finalistas escolhidas pelos jurados. As três finalistas serão avaliadas por um Juri Disciplinar.

A vencedora do concurso receberá uma premiação no valor de R$ 3 mil e o título de Musa do Futebol Potiguar 2017.

Conheça as candidatas de cada clube:

Ana Carolina da Silva Castilho, ABC Futebol Clube

Karla Lorenna Cruz Andrade, Alecrim Futebol Clube

Jéssica Tainá Amaro de Souza, América Futebol Clube

Aline Dayenne Bernardo de Menezes, Associação Sportiva Sociedade Unida (ASSU)

Anny Karolyne de Araújo Carneiro, Associação Cultural Esporte Clube Baraúnas 

Karolayne Silva de Oliveira, Globo Futebol Clube 

Waleska Rachelly Fernandes Candido, Associação Cultural e Desportiva Potiguar (Potiguar de Mossoró) 

Vanessa Cardoso Ribeiro, Santa Cruz Futebol Clube

Link para votação: http://fnf.org.br/musa

Ana Carolina da Silva Castilho



Karla Lorenna Cruz Andrade



Jéssica Tainá Amaro de Souza



Aline Dayenne Bernardo de Menezes



Anny Karolyne de Araújo Carneiro



Karolayne Silva de Oliveira



Waleska Rachelly Fernandes Candido



Vanessa Cardoso Ribeiro 


Fonte: Federação Norteriograndense de Futebol
Fotos: Bruno Póvoa

quinta-feira, 30 de março de 2017

Chuvas estão sendo registradas em várias cidades do RN

Lagoa de Panelas, Centro - Bom Jesus-RN

Apesar dos Serviços de Meteorologia preverem um inverno de poucas Chuvas os Agricultores mantem as esperanças a cada dia de chuva que contemplam esperando que o plantio dê certo e possam colher Milho e Feijão em breve.


Governo do RN inicia pagamento da folha de março nesta Sexta(31)


O Governo do RN começa a pagar a folha de março nesta sexta-feira (31), quando deposita os vencimentos dos 24.038 servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possui recursos próprios, uma soma equivalente a R$ 75,5 milhões.

O Governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos. 

Por solicitação de sindicatos e associações de servidores, o Governo vem pagando a folha sem distinção entre ativos, aposentados e pensionistas. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da SEPLAN-RN

Estudante do Campus São Paulo do Potengi conquista medalha em Olimpíada de Física

Carlos Henrique da Silva Souza medalha de bronze na edição de 2016 da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP).

O Campus São Paulo do Potengi do IFRN conquistou medalha de bronze na edição de 2016 da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP). O resultado foi divulgado neste mês de março, e a medalha foi conquistada pelo estudante Carlos Henrique da Silva Souza, que na época das provas era aluno do 2º ano do Nível Médio e atualmente cursa Engenharia Elétrica na UFRN.

Campi do IFRN de São Paulo de Potengi

Na categoria disputada por Carlos Henrique (disputada por alunos da 2ª série do ensino médio), estudantes de outros dois campi do IFRN também conquistaram medalhas, sendo uma de prata (Campus Natal Central) e duas de bronze (Campus Mossoró).

“Em geral, os resultados conquistados pelos nossos estudantes mostram que o trabalho de orientação e incentivo por parte dos que fazem o Instituto está sendo realizado de forma consistente e consolidadora, proporcionando mudanças significativas na vida dos educandos e, além disso, estimula outros estudantes a seguirem o caminho da boa educação na busca de uma vida de sucesso”, comentou o professor Anderson Pinheiro, um dos envolvidos na preparação dos estudantes para a Olimpíada.

Anderson Pinheiro ressaltou ainda que, na área da disciplina de Física, está sendo desenvolvido o projeto "Em busca de talentos através de trajetórias olímpicas", em parceria com os professores Valmar Sobrinho e Marcelo Mesquita.

A OBFEP 2016 foi realizada em duas fases, sendo a primeira teórica e a segunda experimental.

Fonte: Coordenação de Comunicação e Eventos
Campus São Paulo do Potengi
IFRN

quarta-feira, 29 de março de 2017

A Paixão de Cristo 2017 em Bom Jesus-RN


Governo do Estado encerra folha de Pagamento nesta Quinta(30)


O Governo do RN conclui a folha de fevereiro nesta quinta-feira-feira (30), quando deposita o complemento salarial dos 19.563 servidores ativos, inativos e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil. É importante destacar que o grupo desta faixa salarial já havia recebido, desde o dia 17, uma parcela de R$ 4 mil. A soma dos valores pagos nesta quinta-feira chega a R$ 61,4 milhões.

O Governo ressalta ainda que a folha foi iniciada desde 24 de fevereiro e, no dia 11 de março, mais de 82% dos servidores já haviam recebido integralmente os salários. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da SEPLAN-RN

UFRN realiza 1° Encontro Nacional de Biotecnologia do Nordeste

Serão discutidos avanços alcançados em temas estratégicos, relativos à biotecnologia em saúde, agropecuária, recursos naturais, empreendedorismo e indústria.

O Centro de Biociências (CB) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza no período de 08 a 11 de agosto, no Praiamar Natal Hotel & Convention, o evento RENORBIO 2017 – 1° Encontro de Biotecnologia do Nordeste.

Neste evento, serão discutidos avanços alcançados em temas estratégicos, relativos à biotecnologia em saúde, agropecuária, recursos naturais, empreendedorismo e indústria. Um dos objetivos do evento é promover um fórum de discussão científica, agregando instituições e pesquisadores da região Nordeste e de outras regiões do Brasil, e criar um ambiente para interação entre os setores produtivos e a academia, visando a busca de soluções para problemas de mercado. Assim, esperando estimular cada vez mais a formação de cientistas com uma base sólida e fundamentada nos conceitos e metodologias da Biotecnologia no país.


“Frente a maturidade, abrangência das linhas de pesquisa, qualidade do corpo docente e consolidação da rede, em 2017, foi lançado um novo desafio, que é a transformação do workshop anual em um encontro aberto a todos os pesquisadores, estudantes e profissionais com interesse na área de biotecnologia do Brasil, assim nasceu o RENORBIO 2017 – Encontro de Biotecnologia do Nordeste” destaca a professora Lucymara F. Agnez Lima, uma das organizadoras do evento.

Dentre as atividades previstas estão: BIOMAKER BATTLE (uma competição científica em empreendedorismo e startups promovido pela Biominas), minicursos, conferências, simpósios, apresentação de trabalhos científicos e patentes em biotecnologia (feira de negócios) na forma de pôster.

“Atualmente a biotecnologia é considerada área estratégica no mundo, e abrange um mercado que movimenta bilhões de dólares anualmente. A biotecnologia tem crescido e se desenvolvido no Brasil, principalmente na última década. Esse desenvolvimento se dá pela criação de políticas que privilegiam as empresas que atuam em áreas como saúde, agropecuária, produção de insumos e meio ambiente” destaca a Lucymara F. Agnez.

As inscrições podem ser realizadas através do site:http://www.renorbio.org/congresso/renorbio2017/index.php?class=HomePublic&method=

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (84) 3201-7429 ou pelo e-mail: reborbio@verboeventos.com.br.

História

A consolidação da integração de pesquisadores com vocação para área biotecnológica no Nordeste se deu em 2006 com a criação do curso de doutorado em Biotecnologia, também denominado RENORBIO, doutorado em rede que tem nota 5 na avaliação da CAPES. Atualmente participam do RENORBIO 36 instituições (universidades públicas e privadas e institutos de pesquisa) dos diferentes estados do Nordeste e do Espírito Santo, sendo que dez destas atuam como pontos focais.

Ao todo fazem parte do RENORBIO 257 orientadores e 750 alunos matriculados, o que faz dessa rede um dos maiores programas de pós-graduação do Brasil, agregando quase toda massa crítica em Biotecnologia da região.

Dentre as atividades da rede, tem sido realizado anualmente um workshop, cujos objetivos são estimular a integração dos pesquisadores e estudantes e avaliar os avanços alcançados pela rede.

Fonte: Marcos Neruber / Fotos: Anastácia Vaz

UFRN retoma produção de medicamentos para o SUS e promove descarte consciente


Novos caminhos na produção fabril serão trilhados em 2017 pelo Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos (Nuplam), unidade suplementar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que retoma a fabricação de medicamentos para o Sistema Único de Saúde (SUS) após aderir à política de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs), estimulada pelo Ministério da Saúde (MS). Atualmente, o laboratório recebe transferência de tecnologia da empresa EMS, para produzir inicialmente comprimidos de Olanzapina, substância utilizada no tratamento da esquizofrenia.

Outros projetos de PDP foram encaminhados recentemente ao MS para ampliar o leque de produção do laboratório com os medicamentos Hidroxiureia (tratamento de anemia falciforme), Fingolimode (tratamento de esclerose lateral) e Raltegravir (antirretroviral), que constam na lista de prioridades do ministério. Além disso, o Nuplam assinou em dezembro de 2016 o termo de compromisso para produção de Donepezila, fornecida para tratamento da doença de Alzheimer.

Fábrica de líquidos

A reativação da fábrica de medicamentos líquidos é mais um objetivo em discussão com a Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia de Insumos (SCTIE) do MS, por meio da transferência de tecnologia com a empresa Geolab, para a implantação de uma linha de produção de colírios utilizados no tratamento de glaucoma. Em parceria com o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e outros laboratórios, a unidade ainda dispõe de projeto para produzir mais dois antirretrovirais.

“Procuramos novas opções de produção com a perspectiva de angariar recursos para a manutenção, a modernização e o crescimento do Nuplam, que começou a atividade fabril com cápsulas para tratamento da tuberculose e agora busca estender sua atuação dentro das exigências do MS. Os impactos são positivos em diversos segmentos: científico, tecnológico, econômico, mercadológico, ambiental e social”, afirma o diretor do Nuplam, professor Carlos José de Lima.

Atualmente, o Nuplam conta com setor administrativo, área de produção e embalagem de medicamentos sólidos, área de Pesquisa e Desenvolvimento Farmacêutico, Almoxarifados, Laboratório de Controle de Qualidade, Estação de Tratamento de Água, áreas de serviço de apoio, e dentro do seu espaço físico existe estrutura capaz de receber ampliações futuras. Uma fábrica de medicamentos sólidos orais multi propósito estará em funcionamento até o início do segundo semestre deste ano, com capacidade para produzir até cinco medicamentos em etapas produtivas sucessivas, em um total de até 200 milhões de unidades farmacêuticas por ano.

Segundo Carlos José de Lima, a fabricação poderá ser distribuída por períodos, a partir da demanda de cada medicamento e com paradas para processos de limpeza, permitindo que não haja ociosidade na planta fabril.

Suporte acadêmico

O Nuplam oferece apoio regular a uma média de 400 alunos por ano, como visitantes, bolsistas, estagiários e em desenvolvimento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos cursos de graduação em Ciências Biológicas, Biomedicina, Enfermagem, Química, Farmácia, Engenharia Mecânica, Estatística, Engenharia de Produção, entre outros, além do suporte a estudantes de pós-graduação.

No campo da extensão, integra o programa nacional Descarte Consciente, que oferta estações coletoras para a destinação correta de resíduos farmacêuticos considerados descartáveis pela população: pomadas, comprimidos, líquidos, sprays, caixas, bulas e embalagens usadas e/ou com validade expirada. Lançado no Estado em setembro de 2016, o trabalho dispõe de uma estação coletora no Centro de Convivência do campus central da UFRN, e já recolheu mais de 100 quilos de medicamentos apresentados para descarte. Uma equipe de alunos e farmacêuticos orienta a coleta dos resíduos levados, posteriormente, ao Nuplam e encaminhados para incineração.

A coordenadora do projeto e vice-diretora do Nuplam, professora Lourena Mafra Veríssimo, explica que o descarte de medicamentos no lixo comum, na pia ou no vaso sanitário contribui para um grave problema de saúde pública. Isso porque as substâncias químicas desses produtos podem contaminar o solo e chegar aos rios e córregos, o que compromete a qualidade da água para consumo humano. “Além disso, o armazenamento de medicamentos vencidos ou não utilizados pode levar ao uso inadequado desses medicamentos, com risco de intoxicação medicamentosa e agravos à saúde”, alerta.

De caráter educativo, o programa Descarte Consciente já participou de eventos dentro e fora da UFRN, entre eles a exposição cultural “Sobre o uso Racional do Medicamento” em dois shoppings da cidade. A partir do mesmo projeto são geradas pesquisas que, no futuro refletirão um perfil do descarte de medicamentos em Natal. Apesar dos avanços conquistados pelo programa, Lourena Veríssimo alerta que a quantidade de coletoras é insuficiente para receber a demanda da região, por isso é essencial o avanço de políticas públicas nesse sentido.

Fonte: Marcos Neruber
Jornalista e Publicitário
Centro de Biociências
Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Sete Centros de Educação Profissional começam a funcionar no RN


O Rio Grande do Norte acaba de ganhar sete Centros de Educação Profissional. As unidades de Natal (Planalto), Nova Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Alto do Rodrigues, Mossoró, Extremoz e Ceará-Mirim começaram a funcionar na última segunda-feira (27). A previsão é que em 2018 as unidades de Natal (Planalto), Macaíba e Assu comecem a operar também. A expectativa é da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC), por meio da Subcoordenadoria de Educação Profissional.

Os Centros fazem parte do Programa Brasil Profissionalizado, do Ministério da Educação (MEC), e buscam trabalhar o fortalecimento do Ensino Médio integrado à educação profissional nas redes estaduais de educação profissional. O investimento total é de R$ 124,1 milhões com recursos de convênios firmados com o FNDE/MEC. Destes, cerca de R$ 8 milhões foram aplicados em cada Centro. O governo entrou, ainda, com a contrapartida de R$ 1,2 milhão para a parte de infraestrutura de obras.

Com uma estrutura composta por salas de aula, auditório, quadra coberta, bloco administrativo, refeitório e laboratórios, a capacidade média das dez instituições é de atender um total de 15 mil alunos, número que deve ser alcançado até três anos, ofertando 1.600 vagas para cursos em tempo integral e semi-integral de nível médio e profissionalizante voltados para o meio ambiente, nutrição, segurança do trabalho, edificações, informática, energia renovável, administração e recursos humanos.

“Os Centros de Educação Profissional integram o processo de implantação de uma rede de escolas técnicas estaduais no Rio Grande do Norte. A nossa expectativa é que até 2018, o estado atinja a marca de 67 unidades com esse perfil técnico, formando uma rede de ensino técnico estadual”, destacou a titular da SEEC, Claudia Santa Rosa.

Relação de Centros de Educação Profissional

Natal
Centro Estadual de Educação Profissional Prof. João Faustino Ferreira
Rua Deputado Marcílio Furtado, s/n. Bairro Pitimbu.
Curso: meio ambiente, nutrição e dietética
Vagas: 120
Período: tempo integral

São Gonçalo do Amarante

Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Ruy Pereira dos Santos
Rua General Adjer Barreto, s/n, bairro Golandin.
Curso: segurança do trabalho e edificações
Vagas: 160
Período: semi-integral

Parnamirim

Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lourdinha Guerra
Avenida Abel Cabral, s/n, bairro Nova Parnamirim
Curso:informática, manutenção e suporte em Informática
Vagas: 120
Período: tempo integral

Mossoró

Centro Estadual de Educação Profissional Professor Francisco de Assis Pedrosa
Rua Professor Antônio Campos, s/n, bairro Presidente Costa e Silva.
Curso: meio ambiente, nutrição e dietética
Vagas: 160
Período: semi-integral

Ceará Mirim

Centro Estadual de Educação Profissional Ruy Antunes Pereira
Rua: Rafael Targino, s/n – Bairro Planalto
Curso: administração e energia renovável
Vagas: 160
Período: semi-integral

Alto do Rodrigues

Centro Estadual de Educação Profissional Professora Maria Rodrigues Gonçalves
Zona Rural
Curso: energia renovável e informática
Vagas: 120
Período: tempo integral

Extremoz

Centro Estadual de Educação Profissional Professor Hélio Xavier de Vasconcelos
Rua Camélia, s/n, bairro São Miguel do Arcanjo.
Curso: administração e recursos humanos
Vagas: 120
Período: tempo integral

Assecom-RN / Fotos: Rayane Mainara

Cosern comunica redução Tarifária em Abril


Comunicado a Imprensa

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) informa que a ANEEL decidiu nesta data por estabelecer para 90 distribuidoras de energia elétrica um ajuste extraordinário de redução nas tarifas referente à compensação da energia da Usina Nuclear de Angra 3, que vigorará no período de 01 a 30 de abril. 

A percepção da redução tarifária nas faturas dos consumidores se dará de acordo com os ciclos de leitura e faturamento de cada um, sendo que, em geral, será completada em dois meses. Como exemplo: um cliente que teve o consumo aferido entre os dias 21 de março e 20 de abril, terá 10 dias com a tarifa vigente em março e 20 dias com a nova tarifa reduzida.

Na conta do mês subsequente, o consumidor perceberá uma redução proporcional no valor referente aos demais 10 dias de abril com tarifa ajustada. 

A redução tarifária, desconsiderando os tributos, será de R$ 6,75 a cada 100 kWh consumido no mês de abril - o que equivale a uma redução média de 16,66 % para os consumidores residenciais.

Kassab diz que Correios precisam cortar gastos ou empresa será privatizada


O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse hoje que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) terá que fazer “cortes radicais” de gastos para evitar a privatização. A estatal teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e R$ 2 bilhões no ano passado. O ministro disse ainda que o governo não socorrerá a empresa financeiramente.

“O governo não tem recursos. Não haverá injeção de recursos do governo nos Correios. Isso é uma definição de governo, que conta com nosso apoio. Ou rapidamente os Correios cortam gastos, além daqueles que foram feitos, devemos continuar cortando mais. Não há saída, senão vamos rumar para a privatização”, disse Kassab, após cerimônia de sanção da Lei de Revisão do Marco Regulatório da Radiodifusão, no Palácio do Planalto.

Em dezembro do ano passado, o presidente da estatal, Guilherme Campos, já havia anunciado um plano de demissão voluntária para aliviar os cofres da empresa. Kassab disse que é contra a privatização e que a empresa e ele próprio farão todo o esforço para evitá-la. “Eu, pessoalmente, sou contra a privatização e trabalho como ministro para que não aconteça. Mas não há caminho. Ou cortamos o gasto e conseguimos mais receitas com serviços adicionais, ou vamos caminhar para a privatização, no todo ou em parte dos Correios”.

Para o ministro, os Correios sofreram com má gestão e corrupção – em referência ao esquema do Mensalão, que envolveu dirigentes da empresa indicados pelo PTB – em anos anteriores, mas elogiou o trabalho do atual presidente, a quem chamou de “figura inatacável”. “Concordo que houve má gestão. Má gestão é corrupção, é loteamento, é não ter capacidade de encontrar receitas adicionais e não fazer os cortes se não encontra mais receita. A empresa está correndo contra o relógio”.


Michel Temer sanciona novo marco regulatório da radiofusão

Temer discursou na cerimônia de sanção da Lei de Revisão do Marco Regulatório da Radiodifusão. Ele citou a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Teto dos Gastos Públicos e a reforma do ensino médio como exemplos de “medidas populares”. A fala do presidente ocorre em um momento de intensas negociações do Planalto com a Câmara dos Deputados para aprovação da proposta de reforma da Previdência, considerada essencial pelo governo para retomada do crescimento econômico.

Radiodifusão

Com a presença de representantes do setor, Temer sancionou o novo o Marco Regulatório da Radiodifusão, que atende a demandas da área. A expectativa é de que, por meio dele, se consiga simplificar os processos de renovação e transferência de outorga das emissoras de rádio e televisão. A nova legislação foi defendida por diversas entidades presentes à cerimônia de sanção no Palácio do Planalto.

De acordo com a Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), o texto sancionado simplifica o processamento das renovações de outorga, tendo como “grande mérito a anistia às emissoras que perderam o prazo para ingressar com o pleito de renovação”.

Para a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a medida é “uma das maiores conquistas” para o setor de radiodifusão nos últimos 50 anos. O presidente da Abert, Paulo Tonet Camargo, disse que as alterações na legislação evitarão que a burocracia continue sendo “um entrave” para a comunicação. “Os radiodifusores há muito esperavam a simplificação. Isso significa um avanço no rumo da desburocratização. A burocracia não pode ser um entrave para a comunicação social em tempos de novas tecnologias”.

O diretor de Rádio da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET), Eduardo Cappia, destacou, entre as novidades, as facilidades para pedidos de renovação, bem como para os processos de transferência de outorga.

Imprensa livre

Temer elogiou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, por participar do processo que levou à sanção da lei. Além disso, o presidente disse que a lei colabora para a “imprensa livre no país”. Para Temer, “em um momento de imprensa livre”, os jornalistas devem relatar os fatos e apontar os erros quando eles ocorrerem.

“Estou fazendo um apelo para que a realidade dos fatos seja convenientemente divulgada e, quando erros se verificarem, que sejam denunciados. A crítica, muitas vezes na democracia, faz com que o governante tome o rumo adequado. A imprensa não tem que privilegiar ou não privilegiar. A imprensa tem que retratar adequadamente os fatos”, afirmou.

Fonte: Agencia Brasi lEBC

terça-feira, 28 de março de 2017

Correios em crise fecham agências e encomendas não chegam


Há uma crise sem fim nos Correios, uma empresa que tinha selo de qualidade e, agora, virou dor de cabeça para os brasileiros. Por todo o Brasil, os carteiros estão sumindo, as encomendas não chegam e agências anunciam fechamento.

A empresa está mergulhada em dívidas e é alvo de críticas pela gestão política. Uma empresa que levou o título de mais confiável do país. A própria figura do carteiro sempre inspirou em nós essa confiança, credibilidade, mas agora a realidade é bem outra.

Correios anunciam fechamento de sete agências no RN até novembro

Os Correios anunciaram o fechamento de sete unidades em Natal e Mossoró, no Rio Grande do Norte. A medida faz parte de um plano de fusão de agências anunciado em fevereiro pelo governo federal.

Na capital potiguar, serão extintas as agências: da avenida Sete de Setembro, no bairro Cidade Alta, em abril; da Rodoviária, no bairro Cidade da Esperança, em maio; do Fórum Varella Barca, no bairro Potengi, em julho; do Praia Shopping, no bairro Ponta Negra, em agosto; e da Filatélica, na avenida Princesa Isabel, em novembro.

A agência da avenida Capitão-Mor Gouveia, em Natal, foi fechada em fevereiro, e os serviços foram transferidos para a agência do Fórum Seabra Fagundes, no bairro Lagoa Nova.

Em Mossoró, a agência do Tribunal de Justiça será fechada em abril.

Fonte: G1 BOM DIA / G1RN

Governo quer dar 6 meses para estados e municípios reformarem Previdência


O presidente Michel Temer pretende dar prazo de seis meses para que os governos estaduais e municipais aprovem uma reforma previdenciária para seus servidores. O governo federal fará uma emenda ao texto que tramita no Congresso Nacional,adicionando essa sugestão. De acordo com a nova proposta, estados e municípios se submeterão à regra federal, conforme proposta que atualmente tramita na Câmara dos Deputados, caso não façam a própria reforma no tempo determinado.

Na semana passada,Temer anunciou que estados e municípios seriam retirados do projeto de reforma que tramita na Câmara, por meio da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016. A avaliação do Planalto e dos deputados federais é que os governadores estavam “muito à vontade”, sem precisar passar pelo desgaste de rever seus próprios sistemas de Previdência. Na avaliação do governo, a saída dos servidores municipais e estaduais poderá acelerar os debates e a tramitação do projeto.

A ideia de definir um prazo para que os entes federados organizem suas propostas surgiu de uma reunião ocorrida neste fim de semana entre o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o secretário da Previdência Social, Marcelo Caetano. O objetivo é fazer com que as mudanças ocorram mais rápido em todo o país. Na prática, a emenda ao texto, se aprovada, vai pressionar governadores e prefeitos, uma vez que os servidores estaduais e municipais vão lutar pela aprovação de uma reforma mais benéfica para a categoria do que a oferecida pelo texto federal. O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, apresentou a proposta em reunião com os deputados da base na comissão da reforma da Previdência, no final da tarde de hoje (27).

Audiências

Em sua última audiência pública, a comissão especial da reforma da Previdência, que está tratando da PEC 287/2016, discutirá nesta terça-feira (28) os impactos da reforma para o orçamento público do país.

As propostas de mudanças na Previdência devem ser debatidas também nas comissões da Seguridade Social e Família e na de Defesa dos Direitos do Idoso. Os presidentes dessas comissões já declararam que a reforma será um dos temas prioritários ao longo de todo o ano na definição de pautas dos colegiados.

Fonte: Agencia Brasil EBC

segunda-feira, 27 de março de 2017

Número de usuários de TV por assinatura volta a cair em fevereiro


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registrou em fevereiro mais uma queda no número de assinantes de TV paga. No segundo mês do ano, a TV por assinatura tinha 18,6 milhões de clientes, o que corresponde a uma diminuição de 0,51% em relação a janeiro. Nos últimos 12 meses, a redução chegou a 2,02%.

Nenhuma tecnologia de TV por assinatura apresentou crescimento de janeiro para fevereiro de 2017, segundo a Anatel. No entanto, em 12 meses, a fibra óptica apresentou crescimento de 25,69% e todos os outros serviços apresentaram queda. Em termos absolutos, a maior redução foi registrada por usuários de satélite, serviço que perdeu 319.303 assinantes (-2,91%).

No último mês, Sergipe liderou a redução percentual no número de usuários de TV paga, com uma queda de 3,67%, seguido de Pernambuco, com redução de 1,58%, e da Bahia, com diminuição de 1,15%.

Fonte: Agencia Brasil EBC

Professores protestam no Centro de Bom Jesus-RN contra reforma da Previdência


Na manhã desta Segunda(27), os professores da Rede Estadual e Municipal de Ensino de Bom Jesus-RN saíram as ruas para protestar Contra a Reforma da Previdência Social e a Reforma Trabalhista.


“Nós estamos aqui porque não concordamos com a reforma da Previdência. É um absurdo que um professor tenha que contribuir 49 anos. Para nós é muito desgastante. A nossa aposentadoria era de 25 anos. Não temos condições físicas e psicológicas de ficar em uma sala de aula por 49 anos, é desumano. Essa reforma veio para massacrar a população”, disse a professora Maria de Lourdes Galvão.